Escolha seu idioma

Descarte responsável dos resíduos do incubatório

A indústria do frango continua a crescer globalmente; e também o volume dos resíduos de incubação: restos de casca de ovos e de penugem, ovos inférteis, embriões mortos, pintinhos abatidos, fluidos dos ovos, assim como águas residuais provenientes da limpeza e desinfecção dos equipamentos e das áreas de processamento. Nos últimos anos, o aumento dos custos de descarte, as regulamentações ambientais e a conscientização criaram uma necessidade para os incubatórios encontrarem alternativas sustentáveis para a gestão de resíduos. Existem várias opções para os gerentes de incubatório converterem os seus resíduos em produtos de valor agregado, tais como adubo, fertilizantes, agentes de calcário para correção do solo, o biogás, produtos médicos e alimentos para animais. Este artigo explora algumas dessas opções.

title

Por Nancy Roulston, Especialista em Bem-estar Animal

Separando cascas de ovos, sólidos e líquidos

O tratamento de resíduos pode ocorrer tanto no local (no incubatório) como fora dele (em uma planta de tratamento ou de processamento). O ideal é que alguns pré-tratamentos dos resíduos devam ocorrer no local. Os resíduos sólidos devem ser separados em cascas de ovos, sólidos e líquidos e colocados em diferentes trajetórias de reciclagem. Isso reduz a carga de patógenos e cria opções para obter o máximo dos seus resíduos.

As cascas de ovos podem ser separadas dos sólidos mais pesados e de ovos não eclodidos, utilizando um dos três métodos: sucção a vácuo, peneira vibratória ou ciclone separador por meio de ar forçado. As cascas de ovos podem ser compostadas ou ainda separadas de sua membrana interna para um aumento do valor. Isto pode ser conseguido pela moagem das cascas de ovos em forma de pó e misturando com água (as cascas de ovos afundam e as membranas flutuam) ou colocando as cascas de ovos em um tanque cheio de fluido e separar por cavitação. Existem várias opções para a separação de resíduos sólidos do incubatório em sólidos e líquidos, tais como: telas inclinadas com prensas, centrífugas, filtros multicamadas, usando a gravidade, correias transportadoras e roletes, etc., cada um variando em capacidade de capturar sólidos.

Descarte alternativo e produtos com valor agregado

As cascas de ovos e suas membranas têm potencial distinto como nutriente e rica fonte de proteínas em vários mercados. É de bom senso econômico e ambiental aproveitar essas qualidades. A membrana da casca do ovo contém 10% de colágeno que tem um elevado valor comercial na medicina (de enxertos de pele a trabalho dental, cirurgia plástica e tratamento da osteoporose), bem como no processamento de alimentos, plásticos biodegradáveis e na limpeza ambiental. As cascas de ovos podem também ser moídas em pó e utilizadas em suplementos de cálcio.

Resíduos como recursos: fontes de receitas alternativas para cascas de ovos

Os resíduos sólidos em geral podem ser recuperados em produtos com valor agregado através da compostagem, transformação e digestão anaeróbia. Estas opções são explanadas abaixo. É digno de nota que muitos países têm regulamentação para o processamento de subprodutos animais. Não deixe de conferir os requisitos locais ou envie os resíduos do incubatório para uma instalação apropriada aprovada pelo governo. Os operadores registrados são listados pelo setor no website da Comissão Europeia para os países da União Europeia e de outros países.

1. Transformação em alimentos para animais

Uma opção de reciclagem de resíduos de incubação é enviá-los para uma planta de processamento de alimentos para animais. Para fazer com que proteína, gordura e alimentos para animais ricos em nutrientes sejam também seguros, o subproduto do incubatório deve ter um status livre de patógenos. Isto é possível por meio de autoclave ou de extrusão seguidos por desinfecção e secagem térmicas ou fervura e secagem por pressão. Os resíduos devem também ser tratados termicamente para matar uma proteína chamada avidina encontrada em ovos brancos (responsável por problemas oculares, locomotivos e reprodutivos). Os incubatórios, que enviarem seus resíduos para o processamento de alimentos para pecuária, devem manter os seus resíduos em um ambiente de pH baixo ou ácido. A ensilagem no local com ácido fórmico e propiônico produz um ambiente ácido, retarda a deterioração e suporta um crescimento positivo de bactérias lácticas.

2. Compostagem

A compostagem é uma opção bem conhecida para a conversão de material biodegradável de incubação em um recurso livre de patógenos e rico em nutrientes. Muitas partes interessadas da cadeia avícola podem se beneficiar da combinação de resíduos da indústria nas instalações de compostagem. A cama de frango, bem como a serragem, as aparas de jardim, etc., reduzem a umidade e a carga de patógenos e aumentam os micronutrientes. 

Planta de compostagem

As instalações de compostagem usam um tanto sistema por batelada ou contínuo - dependendo da frequência com a qual os insumos são recebidos. Os sistemas por batelada aceitam o material em intervalos definidos por ano, enquanto os sistemas contínuos aceitam um determinado volume de material por dia. A cama de frango é mais comumente associada à compostagem por batelada, devido aos ciclos de lotes em sistema de all-in all-out, enquanto que os resíduos de incubatório são removidos várias vezes por semana e são mais adequados para a compostagem contínua. Através da combinação de forças, incubatórios e produtores de aves poderiam beneficiar-se um sistema de compostagem contínua.

Leva cerca de oito semanas para gerar o composto adequado para aplicação em campo, mas a cura posterior melhoraria a estabilidade do composto para correção do solo e uso de fertilizantes. Em geral, os compostores em recipientes no local têm um tempo de resposta mais rápido. A DiCom® é uma nova compostagem em recipientes que converte resíduos sólidos em biogás e composto estável para aplicação agrícola. O composto final pode ser usado internamente, doado ou vendido. O preço de varejo do composto depende da sua qualidade, consistência e demanda do mercado.

Pode custar bem menos construir e executar uma instalação de compostagem para cama de frango e casca de ovos do que enviar os resíduos para áreas de descarte. As estimativas mostram que custa menos por tonelada fazer compostagem em sistemas de pequena ou de grande escala, contabilizando todos os custos iniciais, fixos e variáveis (terra, máquinas, mão de obra, materiais, etc.), do que pagar as taxas de descarte.

3. A digestão anaeróbia

Para incubatórios de grande porte, um sistema digestor anaeróbico no local cria eficientemente o biogás a partir do metano, que pode ser usado para geração interna de energia, bem como biossólidos, que são vendáveis como fertilizante de alta qualidade. O processo de digestão anaeróbia elimina patógenos e já está estabelecido no tratamento de efluentes humanos e resíduos de planta de abate. A digestão anaeróbia é adequada para quaisquer resíduos biodegradáveis: de fato, a co-digestão anaeróbia utilizando fontes mistas de animais (subprodutos suínos, de aves, do gado e resíduos lácteos) aumenta o equilíbrio de nutrientes e eficiência de tratamento tornando-se ideal para as zonas agrícolas. Taxas de carga, taxa de nutrientes, temperatura interna e pH precisam ser gerenciados para um ótimo desempenho, controle de qualidade e segurança.

As águas residuais do incubatório podem ser enviadas para instalações de tratamento de águas residuais. Ou podem ser tratadas no local usando digestores anaeróbicos de batelada ou contínuos. Primeiro, os resíduos precisam ser limpos de materiais não-biodegradáveis (vidro, plástico e metais) e, em seguida, triturados para maximizar a velocidade da digestão. Existem várias opções, dependendo da concentração do conteúdo de biossólido: lagoas cobertas (adequadas para climas quentes), tanque de biofilme fixo para retorno rápido, mix completo em cisternas de silo e digestores de fluxo de plugue. Se os incubatórios utilizam lagoas para descarte de águas residuais, a aquicultura integrada pode ser uma opção atraente. Depois de reduzir o teor de gordura e sólidos, uma série de lagos pode hospedar algas, zooplâncton, moluscos e peixes ornamentais durante a limpeza de água para irrigação.

Para mais informações sobre o tratamento de resíduos de incubatório, especialmente os métodos de separação de resíduos sólidos no local e a digestão anaeróbia, consulte Glatzetal.’s 2011 paper on Handling and treatment of poultry hatchery waste: A review.

Quaisquer esforços para reduzir a descarga de resíduos ou descarte de incubatório não tratado reduz diretamente as emissões de gases do efeito estufa, contaminação das águas subterrâneas e liberação de patógenos e fitotóxicos para o meio ambiente. A conversão de resíduos em recursos permitirá que a indústria avícola atinja as metas de sustentabilidade e responsabilidade social.