Escolha seu idioma

Temperatura: fator crítico na incubação de ovos de aves aquáticas com cutícula

De todos os parâmetros monitorados ao longo da incubação, a temperatura é o principal. Ao se utilizar a abordagem de perda de peso não linear para incubar ovos de aves aquáticas com cutícula, a temperatura de incubação correta se torna ainda mais crucial. Uma vez configurada, a abordagem de perda de peso não linear levará os incubatórios ao percentual ideal de eclosão de ovos férteis, mas também manterá a proteção natural oferecida pela cutícula. 

Por Roger Banwell, especialista em incubação sênior

Ovos de aves aquáticas são fisicamente diferentes de ovos de galinha

Devido ao maior grau de desafios biológicos vivenciados pelo embrião, vulnerável em seu ambiente natural "úmido", os ovos de aves aquáticas possuem um "revestimento" ou cutícula mais espessa em comparação aos ovos de galinha. Esse revestimento protege os ovos contra contaminação. Na natureza, a cutícula dos ovos de aves aquáticas se erode gradualmente durante a incubação, devido à atividade da ave mãe no ninho. Isso resulta em poros mais expostos e, consequentemente, em uma taxa crescente de trocas gasosas, que fornece oxigênio suficiente ao embrião em desenvolvimento e cria uma célula de ar grande o suficiente para propiciar a eclosão.

Para replicar a interação entre a ave mãe e os ovos de aves aquáticas em incubação, utiliza-se, tradicionalmente, duas abordagens. Alguns incubatórios removem ativamente a cutícula, lavando os ovos antes da incubação. Outros pulverizam os ovos com água durante a incubação. No entanto, pesquisas sobre as especificidades da incubação de ovos de aves aquáticas levaram a Petersime a usar uma abordagem alternativa quetraz grande vantagem ao incubatório.

Perda de peso não linear: a natureza como referência

O avançado conceito de incubação de estágio único da Petersime, com gabinetes hermeticamente vedados e ventilação precisa, permite uma evolução natural dos níveis de umidade.O conceito se baseia no princípio da perda de peso não linear (NLWS), que limita os níveis de umidade vivenciados por um embrião ao ser incubado de maneira natural pela ave mãe.

Como isso funciona? A incubadora de estágio único da Petersime imita o perfil natural de perda de peso não linear dos ovos de aves aquáticas. No início do ciclo de incubação, os níveis de umidade são mantidos altos, para reduzir a perda de peso. Em uma segunda fase, os níveis são reduzidos para acelerar a perda de peso. Com a precisão no fornecimento de O2 e na remoção de CO2, e com a água em correlação com os requisitos do embrião em desenvolvimento, a incubadora permite que os poros dos ovos sejam expostos por meio da quantidade certa de erosão limitada, realizada em uma taxa correta. Isso gera a troca gasosa necessária para um bom desenvolvimento e crescimento embrionário, com a cutícula permanecendo intacta. 

Na natureza, a perda de peso não é linear. A partir do 12o dia de incubação, a ave mãe incrementa a perda de peso dos ovos com a degradação da cutícula. 

Otimização da temperatura para incubação de aves aquáticas

É crucial que a taxa de desenvolvimento e crescimento embrionário jamais ultrapasse o nível de troca gasosa obtido pela erosão lenta da cutícula. É por isso que se faz necessário um perfil de temperatura de incubação ideal. Na segunda metade do ciclo de incubação, é extremamente importante que a temperatura da casca dos ovos com cutícula seja inferior à necessária para ovos sem cutícula. A figura abaixo ilustra como a temperatura da casca do ovo precisa ser perfeitamente gerenciada durante a parte final da fase de desenvolvimento e ao longo de toda a fase de crescimento, para atuar em perfeita combinação com as mudanças no diferencial de umidade/pressão gasosa. 

Abordagem alternativa para resultados ideais na eclosão

Os métodos tradicionais de incubação de aves aquáticas sempre trazem um risco mais alto de contaminação, possivelmente resultando em um impacto negativo nos resultados do incubatório. A lavagem de ovos de aves em uma solução de cloro antes da incubação remove a "barreira" da cutícula para aumentar a porosidade, eliminando sua proteção natural e expondo-os a uma possível contaminação. Por outro lado, a pulverização dos ovos com água durante a incubação promove a degradação da cutícula e aumenta a porosidade da casca do ovo à medida que o desenvolvimento prossegue, oferecendo condições semelhantes às da abordagem de perda de peso não linear. Contudo, o uso constante de água no interior da incubadora provoca um acúmulo de corrosão e cálcio, aumentando, também, o risco de contaminação. Além disso, a constante flutuação da temperatura gerará uma janela de nascimento excessivamente ampla e uma grande variação na qualidade dos patinhos.

Uma vez configurada, a abordagem de perda de peso não linear levará ao percentual ideal de eclosão de ovos férteis, mantendo a proteção natural oferecida pela cutícula, o que resultará em menor risco de contaminação e maior biossegurança. Esses são os principais benefícios em comparação aos métodos tradicionais de remoção de cutícula. Obviamente, a abordagem de perda de peso não linear exige um bom gerenciamento dos ovos, das incubadoras e dos incubatórios, mas isso não é problema em incubatórios modernos e de vanguarda. Com a abordagem de perda de peso não linear da Petersime, se abre uma grande oportunidade para que se obtenham resultados ideais no seu incubatório de aves aquáticas. Fale conosco agora mesmo para obter mais informações.